Sobre a minha pessoa

Minha foto
Sao Paulo, Sao Paulo, Brazil
Estou em pleno processo de mudanças e reforma interna. Não sei bem quem sou. Sei, que sou muito mais do se imagina. Sou muito mais forte e guerreira do que eu mesma acredito. Sou muito mais complicada e perfeitinha do que gostaria de ser. A minha loucura desestabiliza minha insanidade ... sou uma eterna APRENDIZ, vivendo uma de cada vez, todos os dias.

terça-feira, 29 de junho de 2010

INCENTIVO A LEITURA


Eu incentivo meu filhote a ler.
Mas não sei se ele gosta muito ...
Dizem que os pais tem que incentivar seus filhos ao hábito saudável da leitura.
Mas eu penso comigo: Gostar de ler é hábito ou dom?
Eu sempre adorei ler. E escrever claro!
Ganhei concursos de leitura na escola. Concursos de redação ... mas eu gostava de ler, ninguém me "obrigou" ou incentivou a leitura.
Agora me pego pensando como proceder com meu filho.
É sabido que em geral, meninos gostam mais de matemática e meninas gostam mais de português.
Em casa não foge a essa regra, pois ele é "ninja" (como ele mesmo diz rsss) nas continhas.
Lembro-me em certa oportunidade, depois de um concurso da escola onde eu deveria fazer uma redação sore a Marinha Brasileira, pesquisei um pouco, depois escrevi a dita.
Pronto! Imaginem, ganhei o tal concurso, com direito á diploma e medalha de honra ao mérito entregue pessoalmente pelo então prefeito de São Paulo, o senhor Jânio Quadros.
Meu Deus! Eu nem tinha noção da importância desse fato, tendo em vista que eu escrevia porque gostava mesmo, quando notei o brilho IMENSURÁVEL de emoção nos olhos da minha mãe, seguido de um choro de orgulho ... inesquecível.
* (Se ela ainda tiver a dita medalha guardada, vou tirar uma foto para postar) *
Naquele momento, eu percebi o quanto isso era importante para os que me rodeavam.
Eu tenho uma política de não gerar expectativas em relação ás pessoas, em especial ao meu filho, não quero que ele viva a vida que eu quero (ou espero) para ele, então, eu incentivo, mas não obrigo ele a gostar de ler.
Ainda acho que é dom ...
O que você acha???????

7 comentários:

  1. Jussara, incentivar é uma coisa, obrigar é outra. Olhar palavras é bem diferente de ler, internalizar. Há inúmeras formas de vc despertar nele o gosto pelas histórias, idéias, descobertas que a leitura proporciona. Para começar, temas que ele conheça, algo que tenha afinidade com as paixões dele. Em todas as áreas de conhecimento, há fantásticos autores, com estilo claro, que alimentam o hábito da leitura.
    Lembro-me de livros que li, quando criança, que abriram meu apetite pelas letras.
    Depois, vc me conta, tá?
    Abraço literário!

    ResponderExcluir
  2. a melhor forma de incentivo é o exemplo...ter os pais sempre lendo, ter livros e revistas ao alcance, fazer da ida a livraria ou bancas de jornais um passeio habitual, visitar feiras, bienal de llivros, tudo isso funciona aqui em casa, mas não tem formula, tb acredito q exista uma parcela de gosto proprio.

    ResponderExcluir
  3. oi amiga,acho que gostar de ler é dom.bjus tere.

    ResponderExcluir
  4. Jussara(xará da minha mãe). eu amo ler, e acho que além de gostar, ele pode ser aperfeiçoado.
    Leio muito, meu marido tb, e acreditas q meu filho qd menor lia mt, e hj aos 14 anos não gosta de ler, pelo menos lê o jornal tds dias.
    Mas espero que ele leia mais, eu não o obrigo, acho q nem devo.

    ResponderExcluir
  5. Jussaraaa!!

    Olha eu aqui :)
    Começo por dizer-te que meu blog principal é:

    http://seda7selvagem.blogspot.com/

    O outro é dos miminhos que os amigos me vão fazendo e eu faço a eles também!
    Obrigada por estar me seguindo, eu estou no seu encalço também!

    Eu sempre gostei de ler. Tenho paixão por meus livros. Meu filho se acostumou muito cedo a ler.
    Eu o levava comigo à livraria e o deixava discretamente no meio dos livros de crianças para que ele se entusiasmasse com algo que lhe chamasse a atenção...!
    Bingo!! A minha ideia colou!
    Passei a comprar colecções de aventuras e ele adorava. Sempre levava um livro para ler no autocarro mesmo quando ia para escola e todo o mundo lhe achava imensa graça!
    Hoje é adulto... e não lê!.... :)))))

    Beijos, até logo.

    ResponderExcluir
  6. Tomara que meu anjo goste de ler.
    Não por mim, mas por ele mesmo!
    Beijo a todos ...

    ResponderExcluir
  7. Décimo Sétimo Cálice


    Sobre o azul das cadeiras
    Um ágil miosótis saltita
    Alinha livros, limpa prateleiras
    Cujos meneios são mil maneiras
    De pôr o pó fora dessa palafita.

    Aldeia dos lótus em flor
    Siando à tona do olhar
    Brancos, porém criando vida e cor
    No horizonte desse teimoso leitor
    Que decifra sentidos no imaginar.

    Repõe a ordem nos fugitivos
    Expulsa os intrusos do lugar
    E se alguns são mais activos
    Dá-lhes refrega e põe-nos cativos
    Ordenando-lhes a onde ficar.


    É autoritária esta serviçal
    Dominadora perante residentes
    Exigindo aos súbditos renitentes
    Que assumam a sua posição real
    Na estante, antes que lhe suceda mal.

    E eles, livros perdidos, em jeito cru
    Submissos, intérpretes do conhecimento
    Acatam a catalogação em CDU
    Como soldados em missão na ONU
    Ou em serviço maior do seu regimento...


    Tu prà'qui, tu prà'li, em fila, marchando
    Pondo acerto no passo e tino nas maneiras
    Que aqui, ao alto subida nestas cadeiras
    Não há outras leis nem demais fronteiras
    Pois que aqui, sou eu quem mais mando.

    E perante essa razão incontornável
    Sobre aqueles na reticência activos
    Eis que Arina, o Sol da tarde perscrutável
    Assume por momentos
    As semelhanças e movimentos
    De uma arrumadora de livros!

    ResponderExcluir

Alimenta minha alma com tua escrita e preenche o vazio de um coração ávido de amor, atenção e amizades sinceras, mesmo que estas, sejam virtuais, pois atrás da frieza do teclado, pulsa um ser humano complexo. Obrigada pela visita!